1 2 3 4
.

Mudar é preciso!

    

    Algumas vezes na vida, algumas pessoas se enganam. Erram o caminho, na constante busca pela melhor direção. Às vezes elas se perdem em meio aos próprios sonhos e objetivos. Outras, se perdem por ter deixado para trás a ideia de seguir seus sonhos. Muitas vezes, veja só, se perdem ao encontrarem seus maiores objetivos. E então acordam, numa bela manhã enrolarada de Janeiro, e percebem que possuem exatamente o que sempre almejavam: mas simplesmente não gostam das cores das paredes do quarto ou das flores do jardim - talvez não gostem da vida que levam. 
    Algumas pessoas perdem sua própria identidade ao abandonar seus sonhos. Perdem sua essência, perdem sua vida ao alcançar aquela que um dia traçaram como meta.
    E em alguns momentos da vida - e não importa exatamente em qual momento, em qual idade, em qual ano da faculdade ou ano de vida -, às vezes, muitas vezes, mudar é preciso. Mudar a rota, traçar um novo caminho. Dar alguns passos para trás, por que não? Reavaliar. Avaliar. Reviver. Recomeçar. E de novo, e de novo. Quantas vezes forem necessárias ou pura e simplesmente quantas vezes você quiser fazê-lo e refazê-lo. Buscar novamente seus sonhos, não importando há quantas milhas atrás você os tenha deixado. 
    Existe um princípio básico para a vida valer a pena; uma razão para você acordar novamente a cada nova manhã, tomar banho e ir para o trabalho. Entenda: sua vida não vale de nada se você não incluir doses homeopáticas de felicidade em vários momentos ao longo do dia. Não existe nada de tão valioso - seja dinheiro, sejam pessoas, seja até mesmo seu carro novo - que possa recompensar a ausência da plenitude em seus dias. A felicidade trás leveza para as suas horas e trás vida aos seus dias. E quer saber? Essa é a direção! 
    Volte. Siga em frente. Faça quantas curvas forem necessário. Só tente não perder o foco: o sol ao fim de todos esses passos, de toda essa caminhada, deve sempre ser a sua felicidade. E não vale a pena desistir antes de encontrá-la! Pode levar algum tempo. Seu GPS pode fazê-lo perder-se, pode escolher o caminho mais longo e árduo. Mas pode acreditar: o sol estará lá, esperando por você.

Um comentário :

  1. Nossa que escritora!! Me fez reavaliar tantas coisas... Parabéns May escreve muito bem, expõe idéias conectadas e não perdidas num emaranhado de palavras sem sentido! Beijos boa semana :)

    ResponderExcluir